Notícias

2º Etapa do Mapeamento da Capoeira no Rio Grande do Norte

COORDENAçãO-GERAL DE PROMOçãO E SUSTENTABILIDADE - CGPS
Atualizado em 05/04/2019

O mapeamento da capoeira é uma ação de identificação no âmbito da salvaguarda para complementar o conhecimento cultural do Bem Registrado através de uma pesquisa que usa como base os locais onde a capoeira é praticada e considerada uma referência cultural. Essa pesquisa deve ser feita com o acompanhamento dos detentores do Bem, ou seja, neste caso, dos praticantes da capoeira. A finalidade é fortalecer, preservar e difundir os pontos de encontro da manifestação cultural.

O processo de pesquisa foi realizado entre os meses de junho e dezembro de 2018, no Rio Grande do Norte, com apoio do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), juntamente com a contribuição da Fundação José Augusto, do Governo do estado do Rio Grande do Norte e também contou com a presença da Escola de Capoeira Cordão Ouro.

No decorrer do processo de pesquisa, foram feitas visitas aos municípios do Estado em busca desses locais de prática dos capoeiristas, além dos três grandes encontros nas cidades: Pau dos Ferros, Mossoró e Natal.

A primeira etapa desse mapeamento no estado do Rio Grande do Norte foi feita em 2012. Seis anos após isso, em 2018, foi realizada a segunda etapa desse processo que levou as instituições de pesquisa a mapearem 30 pontos de encontro da capoeira.